Notas para Adeodato

Cordas cortadas e um instrumento aos prantos

Violado

Violência  (contra quem?)

Queima ao lado da cruz

Crivada de balas para matar o santo

Cartuchos de armas que a terra ainda produz

 

Descansa a faca cheia de silêncio

Cala-se o sangue

Sangram as vidas

Mudas

Grita a violência

Adeodato Manoel Ramos

Flagelo de Deus

Fascínora, desalmado

Trovador, cantor

Resiste no silêncio

Morreu com um único som

Mas a terra de lá já não produz cartuchos

Anúncios